A PADROEIRA

Em 20 de junho de 1104, o quadro da Consolata foi reencontrado sob as ruínas, intacto. No Brasil surgiu em 1937, com a chegada dos primeiros missionários.

Nossa Senhora Consolata

UMA DEVOÇÃO MUITO ANTIGA

Segundo a tradição, foi no século V que o povo de Turim (Itália) começou a chamar Maria de "Consoladora". Logo depois começou a chamá-la popularmente de "Consolata".



A CAPELA DAS GRAÇAS


Em 1014, agradecendo a uma graça recebida, o rei Arduino mandou construir uma capela em honra de Nossa Senhora Consolata. A pequena construção, erguida junto à Igreja de Santo André, foi denominada "Capela das Graças".



DE TURIM PARA O MUNDO


Em 2 de Outubro de 1880, o jovem Padre Allamano chega ao Santuário como reitor, onde ficou até a sua morte (16 de Fevereiro de 1926). Alí, numa entrega total de vida a Jesus, se inspira para a fundação dos Institutos Missionários: dos Padres e Irmãos Missionários em 1901 e das Irmãs Missionárias em 1910. O coração de Maria lhe aponta o horizonte: "Anunciar as glórias de Maria aos povos" (cf. Isaías 66,19). "TUDO POR JESUS, NADA SEM MARIA ".



DE TURIM PARA O IMIRIM


Assim o coração do Padre Allamano sonhou o Colégio Consolata: "Ireis à América e fundareis Colégios", mas com a mesma finalidade: A Missão! Por isso, reafirmamos com todos os missionários e missionárias da Consolata que nossa origem, nossa raiz mariana, nossa razão de ser é a Missão. Solidários com todos os povos procuramos construir nosso destino comum: viver como irmãos juntos à Trindade Santa que nos ama.

 CONHECENDO O SANTUÁRIO




Adevoção a Nossa Senhora Consolata, cujo santuário mais famoso situa-se em Turim, na Itália, teve início de acordo com a seguinte tradição: Santo Eusébio trouxe o ícone do Egito para a Itália no século IV e o deixou em Turim. Encarregou-se de espalhar a devoção a Nossa Senhora Consolata o Pe. José Allamano, que foi reitor do Santuário de Nossa Senhora Consolata em Turim, por 46 longos anos e o transformou num centro de Espiritualidade Mariana e de irradiação missionária. Fundou duas congregações religiosas, a dos Missionários da Consolata e das Missionárias da Consolata. “Consolata” quer dizer “Consoladora”. A missão destes religiosos e anunciar ao mundo todo a Verdadeira Consolação: JESUS CRISTO. Eles têm como lema que lhes deixou o Fundador: “Anunciarão a minha glória aos povos” ( Is 66,19).

Santuario esagonale (VISTA PANORÂMICA)
*Faça o download do app e execute-o em seu computador.



Contemplando a imagem da Consolata, vemos Nossa Senhora que reclina docemente a cabeça para Jesus. Símbolo desse gesto: ela dirige seu pensamento à fonte e causa de todas as suas grandezas: seu divino filho. Parece-nos ouvir ainda de seus lábios o “Magnificat”- solene cântico de gratidão – que há vinte séculos ecoa pelas montanhas da Judéia e pelas encostas do mundo: “O Poderoso fez em mim maravilhas… Sua misericórdia se estende de geração em geração”(Lucas 1, 49-50).

A devoção a Nossa Senhora da Consolata chegou ao Brasil com a vinda dos missionários da Consolata. A palavra Consolata saiu da boca do nosso fundador, Beato José Allamano, na língua que ele falava na família e que era “Consolà”. Na língua italiana ficou Consolata. O nosso fundador pediu que a palavra não fosse mudada nas linguas onde os missionários vão evangelizar. Assim hoje conservamos a bonita palavra “Consolata”. Traduzindo para a nossa língua atual, pode ser: Nossa Senhora Consoladora. Os missionários da Consolata chegaram ao Brasil em 1937. Em 05/11/1960 foi criada a Região do Brasil. Estamos presentes em Vários estados do Brasil. Além dos padres temos também os irmãos missionário e as irmãs missionárias.



Aula di S. Andrea (VISTA PANORÂMICA)
*Faça o download do app e execute-o em seu computador.

DE TURIM AO IMIRIM

  • video_forest
Caso seu navegador/smartphone não suporte o plugin, assista no:

PALAVRA DO FUNDADOR

    Nossa Senhora é invocada com diversos títulos. Mas nós honramo-La de modo particular com o título de Consolata. Devemos gloriar-nos de a ter por padroeira. Foi Ela que idealizou o nosso Instituto e é Ela que o mantém material e espiritualmente. Ela ama-nos como a mais terna das mães.

    PADRE JOSÉ ALLAMANO

    José Allamano não era nem escritor nem orador.
    Era essencialmente um guia espiritual seguro e um formador experimentado. Conheça mais sobre Allamano, faça o download do arquivo "Pontos de Luz" clicando aqui.

"Foi olhando para a Consolata que eu vos idealizei. Ela vos ama como a pupila dos seus olhos"

Padre José Allamano

COLÉGIO CONSOLATA

Fundado em 1949, o Colégio Consolata mantém uma educação de excelência que semeia ideias, cultiva valores e concretiza sonhos, priorizando a alegria do dia a dia escolar e o espírito familiar.

Horário de Funcionamento:
Segunda a Sexta-feira das 7h às 17h.

                        

ATENÇÃO!

O Colégio Consolata comunica que o serviço de transporte escolar é desvinculado do Colégio. Toda comunicação em relação ao serviço deverá ser feita diretamente com o responsável pela empresa.


Transfere - Transporte Escolar
Tio Clovis - Fone: (11) 94780-0415 / Res.: (11) 2952-9728
Tia Laura - Fone: (11) 99125-7935 / 94746-2321
Email: transfere.trans.escolar@gmail.com


Tia Fátima - Transporte Escolar
Fone: (11) 2258-4282 / Cel: (11) 99399-1521


TRANSCONSOLATA - Transporte Escolar e Turismo
Gabriela - (11) 94032-5254 - Renato - (11) 94745-0074 / Escritório - (11) 2532-3607 - Email: consolatatransportes@gmail.com

ATENÇÃO!

Os uniformes personalizados poderão ser adquiridos nos seguintes endereços:


Unifor System Moda Escolar - Fone: (11) 2976 9383.
Marli Uniformes Escolares - Fone: (11) 2959 3660.
Cléflor Confecções - Fone: (11) 2239 7527 - www.clefloruniformes.com.br.
Fábrica de Roupa de Judô – (11) 3965 1552 (sugestão)

PARCEIROS

FALE CONOSCO